Vídeos

Notícias

27/10/2017

Agroecologia na prática: PPCPO participa da Semana Acadêmica de Agronomia da PUC-PR

Entre os dias 18 e 22 de setembro, o Centro Paranaense de Referência em Agroecologia (CPRA) sediou mais um ciclo de oficinas – como parte da programação da Semana Acadêmica de Agronomia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Os temas foram bastante diversos: meliponicultura; olericultura orgânica; telhados verdes; cromatografia de Pfeiffer; uso sustentável do bambu; e microorganismos eficazes (EMs) foram alguns exemplos. A programação contou com aulas tanto práticas quanto teóricas acerca desses assuntos – o que proporcionou um aprendizado que, muitas vezes, os acadêmicos acabam não tendo em sala de aula.

Foi um intercâmbio bastante produtivo. Enquanto acadêmicos participaram de oficinas na Fazenda Agroecológica do CPRA, membros do CPRA e do PPCPO também ministraram palestras nas dependências da PUC-PR. No dia 21, por exemplo, o engenheiro agrônomo Márcio Miranda, diretor-adjunto da instituição, proferiu uma palestra sobre o histórico do centro, os desafios da agroecologia e a importância de uma formação mais direcionada para esta área de atuação. Já o engenheiro agrônomo Eduardo Javier Marone, bolsista do PPCPO, ministrou uma palestra sobre o processo de certificação de produtos orgânicos. Esse tema – assim como as ações que o PPCPO vem realizando no estado para que essa forma de agricultura seja cada vez mais incentivada – gerou bastante interesse por parte dos alunos. “Os acadêmicos puderam conhecer um pouco melhor esse processo; e a avaliação foi bastante positiva”, diz Marone.

De fato, a integração dos acadêmicos da PUC-PR com o dia a dia do CPRA foi uma iniciativa deveras promissora. Afinal, em seus estudos eles costumam ter pouco ou nenhum contato com assuntos concernentes à produção de base ecológica e, menos ainda, com temas relacionados aos processos de certificação de alimentos orgânicos ou agroecológicos. Na verdade, a participação do CPRA nesse evento foi articulada pelos bolsistas do Programa Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos (PPCPO), que mantém um de seus núcleos nas instalações do CPRA, em Pinhais (PR).

Um dos precursores da extensão rural nos Estados Unidos, no início do século 20, foi o pesquisador Seaman Asahel Knapp (1833-1911). Ele se notabilizou por um de seus pensamentos: “Um homem pode duvidar do que ouve; pode também duvidar do que vê; só não pode, porém, duvidar do que ele faz”.

Essa emblemática citação foi mencionada durante a Semana Acadêmica de Agronomia pelo engenheiro agrônomo Antonio Juglair Pereira, docente da PUC-PR. Ela reflete, na verdade, um dos fundamentos do trabalho realizado pelo CPRA junto aos agricultores paranaenses em prol de uma agricultura de base ecológica.



  • Conheça o canal do CPRA no YouTube

  • Leia as notícias do CPRA no Medium

  • Conheça a página de apresentação do CPRA no Spark

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.